Notícia do Portal

14/06/2017 14:44 (239 acessos)

Secretaria Estadual de Educação e Municipal de Saúde fazem campanha de vacinação contra HPV nas escolas

 

Por Ítalo Marcos

 

Alunos da Escola Estadual Professor Ruy Eloy receberam na manhã desta quarta-feira, 14, a primeira dose da vacina contra o HPV. A ação é uma iniciativa fruto da parceria entre a Secretaria de Estado da Educação e Secretaria Municipal de Saúde, que estão levando a campanha de vacinação a estudantes das redes estadual e municipal.

 

Dentro do âmbito da Seed, a ação é coordenada pelo Programa Saúde na Escola, do Departamento de Apoio ao Sistema Educacional (PSE/DASE). A imunização tem como público alvo meninas na faixa etária de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos.

 

De acordo com o diretor do DASE, Fábio Leite, a intenção é levar a campanha para unidades de ensino de todo o estado. "Muitos pais ainda não levaram seus filhos aos postos de saúde, então nada mais justo que a gente levar a campanha de vacinação até a escola. Uma vacina dessa custa em torno de R$800, se fosse pagar particular. Então ao fazermos essa ação, estamos usando a educação em favor do bem", afirmou.

 

Imunização

 

Uma fila de alunos se formou do lado de fora da sala onde estava sendo aplicada a vacina. Todos foram autorizados por seus pais para receberem a primeira aplicação. Segundo a técnica de imunização da Secretaria Municipal de Saúde, Ilziney Simões, a vacina contra o HPV deverá ser feita em duas doses, com um intervalo de seis meses entre uma e outra.

 

"Nosso objetivo é sensibilizar os adolescentes para que procurem os postos de saúde e se vacinem contra o HPV. Estamos realizando a vacinação aqui no Colégio Ruy Eloy de maneira pontual, até para mostrar para os alunos que a vacina não causa nenhum problema à saúde e que não é preciso ter medo", destacou.

 

A mesma opinião foi compartilhada por Francisco Freitas Santos, técnico do PSE do DASE. "Queremos mobilizar a maior quantidade de alunos possível em função da baixa procura pela vacina contra o HPV. É uma vacinação gratuita. Hoje estamos mobilizando para que os pais levem os seus filhos para se vacinarem nos postos de saúde, não apenas contra o HPV, mas contra outras doenças também", disse.

 

A aluna Gabriela Santos Oliveira, do 9º ano, foi a primeira a receber a vacina. Ela estava um pouco apreensiva antes do procedimento, mas depois saiu satisfeita. "Doeu bem pouco. Acho bom porque não precisei ir ao posto de saúde, já que a vacina veio até a escola", afirmou.

 

Quem também tomou a primeira dose foi Gabriel Bezerra dos Santos, do 4º ano. "Foi bem tranquilo. Agora me sinto mais protegido contra doenças", declarou.

Voltar à página anterior