Notícia do Portal

14/07/2017 10:20 (206 acessos)

Escolas da Rede Estadual recebem obra Sabedoria Popular

 A Secretaria de Estado da Educação (Seed) e Empresa de Serviços Gráficos de Sergipe (Segrase) firmaram uma parceria com o intuito de distribuir as escolas da rede estadual de ensino a obra "Sabedoria Popular", produzido pelo escritor e desembargador do Tribunal de Justiça, Edson Ulisses de Melo. A Divisão de Material, Ensino-Aprendizagem (Dismea), do Departamento de Apoio ao Sistema Educacional (Dase), recebeu nesta quinta-feira, 13, 400 exemplares por meio da campanha de arrecadação de livros "Compartilhe seus Livros e Transforme Vidas".

 

A literatura será encaminhada às 359 escolas do Estado. O acordo foi estabelecido durante a reunião do Conselho Editorial da Editora Diário Oficial do Estado de Sergipe (Edise).

 

O secretário de Estado da Educação, Jorge Carvalho, destacou a importância da Edise e como estas parcerias podem contribuir para a cultura sergipana. "A Editora possui uma série de livros que são de interesse da nossa cultura, e na medida do possível a Seed tem buscado colocar nas bibliotecas escolares os livros que dizem respeito ao tema, e a obra ‘Sabedoria Popular´ é um exemplo perfeito disto", afirmou.

 

Parceria

 

De acordo com o presidente da Segrase, Ricardo Roriz, um dos objetivos da parceria é levar a literatura sergipana para o público mais jovem. "É fundamental que as novas gerações conheçam as obras dos escritores sergipanos e esta parceria é uma forma que encontramos para facilitar o acesso destas pessoas a nossa literatura", afirmou.

 

Sabedoria Popular

 

A obra é uma homenagem ao ex-governador Marcelo Déda e retrata toda a pesquisa realizada durante a vida do autor, sobre os costumes e a cultura popular por meio das 223 páginas de textos, trava-línguas, provérbios, versos, estórias e ilustrações.  Para a capa do livro "Sabedoria Popular", o autor escolhe a figura da ave joão-de-barro, afirmando toda a identidade cultural presente na obra, visto que o pássaro joão-de-barro habita todas as regiões do país, como descrito no livro.

 

Para o autor, o desembargador Edson Ulisses, é uma grande satisfação ter os livros em escolas da rede estadual. "A disponibilização do livro para as bibliotecas das escolas públicas constitui para o autor algo de suprema realização. Com esta medida o livro atingirá seu objetivo maior, que é levar a cultura popular para os jovens e criar uma memória da história da sua população e da sua origem, do seu estado e do Brasil. Nós percebemos que, com o tempo, esses elementos culturais populares passam a sofrer desgaste e o jovem se distancia bastante, muitas vezes perdendo a sua memória", frisou.

 

O livro ressalta a importância da cultura popular na formação da sociedade, seus hábitos e costumes, além de admitir que em todos nós há o folclore em diferentes formas, como crenças, ‘causos´, ditos populares, lendas, rezas, piadas, provérbios, entre outros. A obra busca materializar a sabedoria popular, valorizando o que é transmitido de geração em geração através de jargões, ditados, versos e músicas.

 

Compartilhe seus Livros e Transforme Vidas

 

O coordenador da Dismea, Marcos Vinícius Melo dos Anjos, explicou que a Campanha teve início no ano passado de uma forma experimental, foram arrecadados aproximadamente 4 mil exemplares e a previsão é que em 2017 supere esse número.

 

"Ficamos muito felizes com a doação do desembargador. Esta literatura, por se tratar das temáticas pertinentes à sabedoria popular, irá reforçar a noção da sergipanidade e de pertencimento. Dessa maneira, os estudantes terão a oportunidade de se aproximarem mais das abordagens relacionadas à cultura local", comentou ao destacar que muitas pessoas e diversos segmentos compartilharam desta preocupação em ampliar o acervo das bibliotecas das unidades escolares da Rede Estadual de Ensino.

 

Ainda segundo Marcos Vinícius Melo dos Anjos, uma iniciativa como esta só comprova a preocupação da Seed em fomentar ações que permitem a melhoria da qualidade do ensino. "A Secretaria enxerga a biblioteca como um excelente meio para favorecer e melhorar o processo de ensino e aprendizagem e até mesmo colaborar para que o docente realize um trabalho multidisciplinar", explicou.

 

Doações

 

As doações podem ser feitas através do Dase, pelos telefones 3253-8101 e 3253-8103, ou ainda pelo e-mail assessoria.dase@seed.se.gov.br. O interessado entra em contato e a Dismea envia um técnico para o local. As escolas beneficiadas são as que possuem um baixo acervo de títulos literários em suas bibliotecas.

 

*Com informações da Segrase

 

 

 

Voltar à página anterior