Notícia do Portal

13/09/2017 14:45 (376 acessos)

Secretário empossa novos membros do Fórum Estadual de Educação

 

Por Ítalo Marcos

 

O secretário de estado da Educação, Jorge Carvalho, empossou na manhã desta quarta-feira, 13, os novos membros do Fórum Estadual de Educação (FEE). Ao todo, 35 membros titulares e 35 suplentes foram empossados, sendo eles representantes de setores da Secretaria de Estado da Educação e de segmentos da sociedade civil organizada.

 

A solenidade foi realizada no auditório Professora Maria Hermínia Caldas, na sede da Seed, e contou com a presença do deputado estadual Zezinho Guimarães, da presidente do Conselho Estadual de Educação Luana Boamorte, do presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado (Fapitec/SE), José Heriberto Pinheiro Vieira e do Pró-reitor de Graduação da UFS, Dilton Cândido Santos Maynard.

 

Jorge Carvalho destacou que os novos membros têm como tarefa fiscalizar o cumprimento das metas do Plano Estadual de Educação. Ele explicou ainda que foram realizadas algumas alterações no decreto que institui o Fórum com o objetivo de readequar aos demais fóruns das outras unidades federativas e ao Fórum Nacional de Educação.

 

"Principalmente o dispositivo que estabelecia que os membros do FEE poderiam convidar outras entidades para fazer parte. Isso provocou algumas distorções. Agora nós ajustamos e estamos empossando um Fórum que é rigorosamente igual aos das outras 26 unidades federativas e ao Fórum Nacional de Educação", disse.

 

O secretário explicou ainda que o seu gabinete poderia indicar um membro, mas que optou por renunciar à indicação. Foram feitas consultas informais com gestores e foi indicado o nome do professor Jonas José de Matos Neto, de Nossa Senhora da Glória. Ele ainda afirmou que, como nos mandatos anteriores, terá um comportamento neutro em relação às deliberações do Fórum Estadual de Educação.

 

"O nosso gabinete e o próprio secretário nunca se fez presente em nenhuma reunião do Fórum porque a gente entende que este é um colegiado democrático e representativo de entidades, e que deve agir e decidir pela autonomia de seus pares. Vamos continuar agindo da mesma maneira, mesmo havendo debates de temas que possam ter decisões contrária aos interesses da Seed", afirmou.

 

A chefe de gabinete da Seed, Anne Alice Freitas Costa de Oliveira, fez a leitura do termo de posse, que foi assinado por cada um dos membros.

 

Desafios

 

Os novos membros falaram sobre os desafios que terão pela frente. O deputado Zezinho Guimarães, que também representa a Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, falou de sua satisfação em poder contribuir com o Fórum Estadual de Educação. "Queremos trazer um pouco da experiência que adquirimos ao longo dos últimos seis anos como deputado, para que o Fórum possa discorrer sobre os problemas da Educação, que precisam da contribuição de todos os sergipanos", declarou.

 

O professor Jonas José de Matos Neto afirmou que esse " é um momento para reunir os diversos segmentos da educação em Sergipe, para poder ouvir as reais necessidades para a implementação das políticas públicas no estado de Sergipe, de forma democrática e aberta".

 

Quem também tomou posse foi o procurador da Procuradoria Geral do Estado, Vinícius Thiago Soares de Oliveira. "É o segundo mandato que a Procuradoria participa no Fórum Estadual de Educação. Uma instância necessária para o fortalecimento das instituições de ensino, que tem a função primordial neste momento de acompanhar a execução das metas do Plano Estadual de Educação que foram aprovadas. E por ser uma instância democrática e colegiada, espera-se que todas as contribuições daqui sejam levadas com muita responsabilidade para o aprimoramento do sistema de ensino", afirmou.

 

A diretora do Serviço de Educação em Direitos Humanos (SEDH), ressaltou a importância do FEE. "Estamos percorrendo um longo caminho para estruturar minimamente aquilo que está assegurado na Constituição Federal e no Estatuto da Criança e do Adolescente. O Fórum é um espaço de debates importantíssimos para que a gente possa garantir às nossas crianças e adolescentes o acesso à educação e o sucesso na escola", destacou.

Voltar à página anterior