Notícia do Portal

15/05/2018 15:04 (180 acessos)

Seed realiza Ciclo de Palestras sobre Conselhos Escolares com escolas do Agreste Sergipano

Por Ítalo Marcos

 

A Secretaria de Estado da Educação (Seed), através da Coordenação de Gestão Democrática, Articulação e Assistência aos Municípios (Cogedam), continua com o 2º Ciclo de Palestras sobre Conselhos Escolares. Na manhã desta terça-feira, 15, a ação ocorreu no auditório da Diretoria Regional de Educação 3, em Itabaiana, Agreste Sergipano, e contou com a presença de gestores e presidentes de conselhos escolares de 40 unidades de ensino dos 14 municípios da Regional.

 

O Ciclo de palestras tem como objetivo subsidiar gestores e conselhos no desempenho do papel de cada um em prol do bom desenvolvimento das ações educativas e em conformidade com as prerrogativas da corresponsabilidade na gestão escolar.

 

As técnicas da Cogedam, Semírames Accioly e Danielle Lima, explicaram aos diretores de escolas e presidentes dos conselhos diversos aspectos pertinentes aos conselhos escolares, como as áreas de atuação, poderes, atribuições, funções dos conselheiros, entre outros.

 

"Estamos fazendo esse ciclo de palestras em todas as DREs para atingir os diretores e os presidentes dos conselhos. Queremos conscientizar para que depois eles façam essa formação em suas unidades de ensino, com os conselhos escolares. Eles aproveitam bastante esses encontros e trocam experiências, porque o problema de um conselho pode ser o mesmo de outro, então a troca de informações ajuda", disse Semírames Accioly.

 

Essas reuniões estão acontecendo de forma itinerante, nas cidades sede das diretorias regionais e tiveram início no dia 17 de abril, na Diretoria Regional 6, no Polo Neópolis, com encerramento previsto para o mês de maio, conforme cronograma pré-estabelecido.

 

A diretora da DRE 3, Daniela Silva Santana, falou sobre a importância dos conselhos escolares. "Depois da implantação dos conselhos, a gestão começou a ser mais democratizada. É de fundamental importância que os membros da comunidade escolar participem efetivamente das ações da escola, sejam elas pedagógicas, administrativas ou financeiras", declarou.

 

Encontro

 

Os participantes do encontro tiveram a oportunidade de aprender mais e esclarecer algumas dúvidas. Foi o caso de Núbia Amaral de Oliveira, presidente do conselho escolar do Colégio Estadual Padre Mendonça, de Itabaiana. "Eu tenho pouco tempo de conselho, comecei no ano passado, então aqui estou aprendendo muitas coisas que eu não sabia. Para mim está sendo ótimo saber como o conselho pode ajudar na direção da escola", afirmou.

 

Já o diretor José Gilton Barreto, do Colégio Estadual Abdias Bezerra, de Ribeirópolis, destacou que a escola precisa da ajuda do conselho para trabalhar em conjunto. "Às vezes tem que haver esse retorno para que cada segmento possa dar a sua opinião sobre as decisões da escola. Esse encontro está sendo importante nesse sentido. A gente tem a preocupação de que as decisões sejam tomadas pela comunidade, alunos, direção, ou seja, pelos representantes de cada segmento", disse.

 

Maria Luzia Melo, técnica da DRE 3 responsável pelos conselhos, afirmou que o encontro serve para garantir que cada escola dê uma efetividade ao trabalho dos conselhos escolares. "Queremos quebrar esse lado só de fiscalizador financeiro. É importante que eles realmente contribuam nas áreas administrativa, pedagógica e financeira. O conselho é composto por vários segmentos, então é o colegiado ideal para colocar em prática a voz da comunidade", declarou.

 

Carlos Wagner, presidente do conselho escolar da Escola Estadual Dr. Airton Teles, de Itabaiana, disse ter gostado de compartilhar as suas experiências com outros conselheiros. "Esse momento de comunicação é necessário para nos fortalecer. As escolas têm a necessidade de ter um norte. Essas informações vão agregar as nossas decisões enquanto acompanhador da parte material e imaterial da escola", afirmou.

 

O próximo encontro do 2º Ciclo de Palestras sobre Conselhos Escolares acontecerá na próxima quinta-feira, 17, em Nossa Senhora da Glória, e finaliza no dia 22 de maio, em Gararu.

Voltar à página anterior